Não perca essa oportunidade! Preencha e receba agora mesmo os preços e detalhes:
Eu li e concordo com os Termos de Uso e a Política de Privacidade
Ligue já e
agende sua consulta
11 3034-4238 11 9-9734-6584

Cirurgia de catarata: quais os riscos

Catarata: Exames que você precisa fazer

Apesar de ser considerada simples, a cirurgia de catarata oferece pequenos riscos, como qualquer outro procedimento. Conheça quais são eles e como preveni-los.

A catarata é uma doença que atinge principalmente os idosos, causando a opacidade do cristalino, lente responsável pela chegada de luz até a retina e formação da imagem. Com o passar dos anos, o cristalino tende a se tornar opaco, o que causa uma visão turva e, com a evolução da catarata, pode levar a perda da visão.

A cegueira causada pela catarata é reversível, no entanto, o único tratamento eficaz contra a doença é a cirurgia, onde o cristalino esbranquiçado é retirado e substituído por uma lente artificial intraocular (LIO).

Conheça os detalhes da cirurgia de catarata e os riscos envolvidos no procedimento.

Como funciona a cirurgia de catarata

A cirurgia de catarata é considerada um procedimento de baixo risco que se resume a retirada do cristalino para substituí-lo por uma lente intraocular (LIO). A cirurgia é realizada sob anestesia local e tem duração de cerca de 15 minutos, com alta do paciente minutos após o procedimento.

Hoje em dia não é mais necessário esperar pela evolução da catarata para que seja feita a cirurgia, como acontecia tempos atrás. Isso porque a cirurgia de catarata além de devolver a qualidade de vida do paciente, também elimina possibilidades de alguma sequela permanente na visão.

Para entender detalhadamente cada tipo de cirurgia de catarata, basta clicar aqui.

Os riscos da cirurgia de catarata

Apesar de ser considerada uma cirurgia simples, o procedimento de retirada da catarata também possui riscos e complicações eventuais, assim como qualquer outro procedimento cirúrgico. Apesar de a facoemulsificação e a cirurgia a laser serem procedimentos com alto índice de precisão, ainda assim, envolvem alguns riscos que podem ser eliminados principalmente com a boa escolha da clínica e ou cirurgião.

Entre as principais complicações da cirurgia de catarata estão:

  • - Sangramento;
  • - Inchaço e perda de fluidos;
  • - Infecção no olho;
  • - Descolamento da camada de nervo na parte de trás do olho.

Importante!

A melhor forma de se prevenir contra os riscos da cirurgia de catarata é encontrar um cirurgião que esteja apto a realizar o procedimento e, neste caso, experiência conta muito! Por isso, é importante pesquisar sobre a clínica e o cirurgião escolhidos, perguntar detalhes sobre os procedimentos, além de procurar saber quantas cirurgias já foram feitas pelo cirurgião responsável pelo seu procedimento, afinal, na cirurgia de catarata, quanto maior for a experiência do cirurgião, menores serão os riscos de complicações.

Entenda como funcionam a recuperação e os cuidados pós-cirúrgicos da cirurgia de catarata.